6 livros de gastronomia para saborear cada página

A revista Prazeres da Mesa promove o “Melhores do Ano” em diversas categorias relacionadas à gastronomia, uma delas a de livros. O resultado sobre quem é o melhor dos melhores ainda não saiu, mas, para nós, o que importa é que os seis livros finalistas são verdadeiras obras de arte para os amantes da cozinha. Confira e escolha o seu próximo livro de cabeceira!

Interpretações do gosto, de Mônica Rangel, Editora Senac

A autora aborda a gastronomia no contexto cultural. São questões que ultrapassam a composição de um prato e envolvem todos os elos da cadeia gastronômica, do pequeno produtor à mesa, além de curiosidades e receitas da comida mineira. O prefácio é assinado pela chef Roberta Sudbrack.

A comida baiana de Jorge Amado, de Paloma Jorge Amado, Editora Panelinha

A partir desse livro você consegue reproduzir qualquer um dos sabores presentes na obra do autor baiano, já que é impossível não querer provar os gostos das panelas de dona Flor ou de Gabriela. Quem compilou as receitas foi sua filha Paloma, com edição de Rita Lobo, que deixou as receitas mais fáceis e claras.

Gente do mar – vida e gastronomia dos pescadores brasileiros, Ricardo Maranhão, Editora Terceiro Nome

O historiador Ricardo Maranhão e o fotógrafo Fábio Colombini percorreram o litoral brasileiro de norte a sul para conhecer 25 comunidades de pescadores. Em belos textos e imagens eles resgatam as atividades e as práticas gastronômicas dessas pessoas que têm, como prioridade, respeitar o ambiente do qual sobrevivem.

Pitadas da Rita, de Rita Lobo, Editora Panelinha

O subtítulo do livro já diz tudo: Receitas e dicas práticas para deixar o dia a dia mais saboroso. Prepare-se para encontrar deliciosas receitas inéditas testadas, aprovadas e fotografadas no blog Pitadas, do site Panelinhas.

Eu sou do camarão ensopadinho com chuchu, Roberta Sudbrack, Editora Tapioca

A chef carioca é conhecida pela busca de uma nova linguagem a cada ingrediente. Esse livro, além de refletir o trabalho autoral de Sudbrack nas receitas, se vale da criatividade em relação ao design com a utilização de muitas cores, papéis com diferentes texturas, imagens, mensagens rápidas da chef e textos de grandes admiradores. Tudo muito diferente e muito apetitoso.

Cozinha de origem, Thiago Castanho, Editora Publifolha

Um dos novos nomes de destaque da gastronomia brasileira, o paraense Thiago Castanho, compartilha nesse livro segredos de família e delícias amazônicas. Utilizando ingredientes típicos, como tucupi e farinha de tapioca, e com sugestões de variação com produtos encontrados com facilidade em todo o país, ensina a fazer desde comidinhas de boteco e de rua, passando por acompanhamentos, como farofas, paçocas e molhos de pimenta, pratos com peixes, carnes e aves, até pães e sobremesas.

0 comentários

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.