Qual a diferença entre os molhos e as polpas da Paganini?

 

Alguma vez você já ficou parado em frente à prateleira do supermercado tentando decidir se levava para casa o molho ou a polpa de tomate? A gente te ajuda a entender as diferenças entre esses dois atomatados para que você saiba como escolher e utilizar.

Molho

Os molhos Paganini são ideais para quem quer economizar tempo na cozinha, pois já vêm pronto para o consumo e não necessitam de diluição. São feitos à base de azeite de oliva e cebola refogada e de alguns temperos, como salsa, alho, aipo e pimenta. Podem ou não apresentar pedacinhos de tomate e deixam qualquer receita muito mais saborosa. Os tipos de molhos Paganini são: Al Basilico (manjericão), All’ Arrabbiatan (pimenta vermelha), Alla Putanesca e Ai Funghi. É só aquecer, colocar sobre a massa Paganini de sua preferência, salpicar com parmesão ralado e servir.

Polpa

É uma excelente opção para quem não abre mão de fazer o próprio tempero, mas procura algo prático. As polpas Paganini são feitas com tomates selecionados, com cuidado artesanal e tecnologia de ponta para garantir aos mais exigentes paladares os aromas e sabores frescos típicos da fruta que acabou de ser colhida. Os produtos são fabricados em Emília Romana, na Itália. Os tipos são: Polpa de tomate original, Polpa de tomate rústica (com tomates em pedaços), Polpa de tomate com manjericão e Polpa de tomate com azeitonas.

0 comentários

Mais Posts

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.