O Pesto alla Genovese

O molho pesto talvez seja um dos mais populares do mundo – e também por isso é um dos que mais possui releituras. Suas origens são um tanto incertas, mas a versão mais aceita é que uma família tradicional italiana preparava um molho à base de manjericão que foi chamado de “pestare”, triturar em italiano, porque era feito no pilão. Com o passar do tempo o nome evoluiu para pesto.

Este molho é um símbolo da cidade de Gênova, na Ligúria, noroeste da Itália, tanto que a erva, o Basilico Genovese, recebeu Denominação de Origem Protegida (DOP), indicando que as plantas que lá nascem têm características que a tornam única no mundo. Além disso, ingredientes como azeite de oliva extravirgem, os famosos pinolis (pequenos pinhões ovalados, de textura macia e coloração amanteigada e com sabor que lembra amêndoa) e o queijo pecorino (queijo italiano elaborado a partir de leite de ovelha) completam a receita.

Para aqueles que querem apreciar os sabores italianos sem precisar elaborar o passo a passo, a Paganini traz da Itália ao Brasil o Pesto alla Genovese. Sua utilização é muito simples, basta acrescentar algumas colheres à massa cozida – lembre-se que pesto é um molho que à rigor deve ser utilizado “cru”.

0 comentários

Mais Posts

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.