Dia do Macarrão

 

Muitas são as teorias que tentam explicar as origens do macarrão. Uma das mais aceitas é de que foi inventado na China, onde o explorador Marco Polo, em uma de suas inúmeras viagens, conheceu a deliciosa mistura de farinha e água. Outras evidências atribuem o surgimento à Itália, há 800 a.C. Tem até quem defenda que a história do macarrão se confunde com a do próprio homem, já que ele poderia ter moído alguns cereais e misturado com água há milênios.

Especulações à parte, o macarrão é a cara da Itália e desde o século XIII este país é um dos maiores consumidores e difusores dessa iguaria pelo mundo – eles inventaram mais de 500 tipos e cortes de massa. É de autoria dos italianos também a farinha de grano duro, a responsável pela famosa e maravilhosa pasta al dente.

No dia 25 de outubro comemora-se o Dia do Macarrão e, para celebrar, nada melhor do que uma massa italiana Paganini, marca trazida ao Brasil pelas importadoras Porto a Porto e Casa Flora. Os mais de 30 cortes de massas são produzidos no sudeste da Itália e elaborados com sêmola 100% grano duro, que reproduz a textura al dente. Além de reduzir o tempo de cocção e produzir uma massa mais elástica, que não se rompe durante o cozimento, o grano duro também agrega alto valor nutritivo.

Entre os tipos, destacam-se as massas grano duro com ovos, que traduzem o mais puro sabor de uma massa feita em casa. Já as integrais são elaboradas a partir de uma criteriosa seleção de matérias-primas originárias da agricultura biológica (que promove práticas sustentáveis e de impacto positivo no ecossistema agrícola), cuja sêmola de grano duro integral se obtém por meio de um método exclusivo de processamento. Disponível também uma versão de massa sem glúten nos cortes Spaghetti e Fusilli.

0 comentários

Mais Posts

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.