Os segredos do alho e da cebola

Recentemente fizemos uma surpreendente descoberta, através da publicação Fine Dining Lovers, e queremos compartilhar com vocês: alho e cebola, tecnicamente, não têm aroma. Como assim? Exatamente como você leu, eles não têm cheiro até serem fatiados. Resumidamente, é tudo uma questão de química, método e quantidade.

Ambos possuem um aminoácido que entra em contato com um outro elemento químico quando fatiado e que formam uma terceira substância chamada Alicina, essa sim responsável pelo odor e sabor. Quanto mais picamos e quanto mais o tempo passa mais aromas teremos. Assim, para apenas um toque de alho, corte apenas uma fatia ao meio e usa-a imediatamente; para aroma e sabor acentuados, pique-o em pedacinhos muito pequenos e espere 10 minutos antes de utilizar.

O mesmo vale para a cebola. Só que esta ainda tem mais uma enzima que se transforma em outra quando cortada e provoca as lágrimas. Estudos comprovam que cortar cebola longitudinalmente (de cima para baixo), em vez de atravessar pelo meio, reduz a intensidade dos aromas e também as lágrimas.

0 comentários

Mais Posts

0 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.